Textos sobre dança

O QUE A DANÇA ENSINA

Martha Medeiros

Reclamar do tédio é fácil, difícil é levantar da cadeira para fazer alguma coisa que nunca se fez. Pois dia desses aceitei um desafio: fiz uma aula de dança de salão. Roxa de vergonha por ter de enfrentar um professor, um espelho enorme, outros alunos e meu total despreparo. Mas a graça da coisa é esta, reconhecer-se virgem. Com soberba não se aprende nada. Entrei na academia rígida feito um membro da guarda real e saí de lá praticamente uma mulata globeleza.   Leia mais…..

A ESCOLHA DO SEU PAR

Stephen Kanitz

“Nos bailes, as mulheres faziam um verdadeiro teste psicológico, físico e social de um futuro marido e obtinham o que poucos testes psicológicos revelam”

Há trinta anos, os adolescentes encontravam o sexo oposto em bailes de salão organizados por clubes, igrejas ou pais responsáveis preocupados com o sucesso reprodutivo de seus rebentos.

Na dança de salão o homem tem uma série de obrigações, como cuidar da mulher, planejar o rumo, variar os passos, segurar com firmeza e orientar delicadamente o corpo de uma mulher. Homens levam três vezes mais tempo para aprender a dançar do que mulheres.  Leia mais…..

Livre-se do chá de cadeira

por Keice Granzotto Casarri:

Existe uma reclamação generalizada das mulheres: o famoso “chá de cadeira” nos bailes. Para que isso não aconteça, separei algumas boas ações para as damas brilharem no salãoLeia mais…..

Curadora da mostra de dança do Prêmio Cultura da Dança de Salão 2013 fala à comunidade de dança

Leonor Costa

O que seria da dança de salão atualmente se não fosse o interesse de seus praticantes em mantê-la viva, frequentando bailes e viabilizando a manutenção das escolas? Provavelmente ela já teria virado uma dança folclórica, como aconteceu com a quadrilha, outrora a mais popular das danças de salão. Veja mais AQUI

  • "Quando você dança, seu propósito não é chegar a determinado lugar. É aproveitar cada passo do caminho." Wayne Dyer